Construa sua autoridade através do Marketing de Ponto de Vista

Todo mundo precisa e quer seu lugar ao sol na internet.  E para conseguir isso, uma das primeiras coisas que escutamos quando começamos a entender um pouco de marketing digital é a tal da “autoridade”. O que é isso?

Autoridade é ter credibilidade. É ter o respeito das pessoas por um assunto específico, que você domina e então elas te procuram quando precisam resolver um problema relacionado àquele assunto.

Não preciso dizer que para quem está começando agora, que é a maioria dos mortais,  construir autoridade leva tempo e dedicação.

As informações disponíveis na internet ensinam que para construir autoridade é preciso investir no marketing de conteúdo. Essa estratégia consiste em compartilhar o que você sabe sobre o assunto através de posts, artigos, vídeos e outras mídias, educando as pessoas e comprovando quanto daquilo que você sabe fazer pode de fato ajudá-las. Essa estratégia é de fato a correta e o conceito faz sentido para todo mundo.

Só tem um problema: por mais sentido que faça, a maioria das vezes não sabemos que conteúdo precisamos compartilhar. 

Ficamos na ilha do “não sei o que devo, posso, preciso falar aqui” para construir essa autoridade. 

A sensação de desorientação nos paralisa ou nos faz compartilhar conteúdos que não são estratégicos para nossa iniciativa. 

Então o que é preciso fazer para construir autoridade?

Uma das formas mais eficazes de construir sua autoridade e filtrar quem entra em contato com você é usando o seu ponto de vista.  

Ponto de vista todo mundo tem – mesmo quando não temos a intenção de colocá-lo para fora, ele está lá.  É a nossa forma de enxergar o mundo, o que acreditamos. Nossa filosofia, perspectiva. A nossa visão clara das coisas.

Tenho certeza que dentro do seu trabalho, você tem o SEU jeito de fazer as coisas. Você acredita que fazendo essas coisas numa certa ordem, de um certo jeito vai dar o melhor resultado baseado em sua vivência e experiência.

Esse seu jeito é uma ótima maneira de trazer pessoas para perto de você. E esse é o marketing de ponto de vista. 

Parece muito simples colocando assim e provavelmente você tem várias opiniões sobre como você trabalhar e porque trabalha assim. Mas quando precisamos colocar em palavras, percebemos que não fica tão claro nem para nós mesmos.

Afinal, o que é que você faz de diferente que dá melhores resultados do que seu colega que oferece a mesma coisa?

Os 3 fundamentos do Marketing de Ponto de vista

Por sorte existe um passo a passo de como organizar seu ponto de vista. 

Ele é composto por três elementos chave: O Mapa, A Bússola e a Rota.

Quem me acompanha sabe que uso a metáfora de que seu negócio é um barco, que leva as pessoas da ilha A para a Ilha B:

E dentro desse universo náutico, podemos colocar o ponto de vista como os elementos que usamos para fazer esse barco andar. 

O MAPA

É a base de todo o processo do ponto de vista. É o que leva mais tempo para criar e desenvolver.

O mapa é o desenho da região onde seu cliente está e onde quer chegar. É o lugar onde ele se movimenta e o lugar onde ele enxerga que poderia estar mas não consegue ir até lá sozinho. É a comprovação (para ele) das coisas como são e de que ele não está louco e nem sozinho. Isso gera alívio, porque finalmente ele pode enxergar o que está acontecendo e esse alívio abre a porta para que escute a sua forma de solucionar o problema.

A função do mapa é validar os sentimentos bons e ruins da pessoa que você quer ajudar, mostrar o contexto onde ela está inserida, as opções reais que ela tem e a sua forma de levá-la até onde quer chegar.

Traduzindo para seu negócio: o mapa é o desenho da sua persona dentro do problema onde você sabe que pode ajudar. 

A BÚSSOLA

É o que vai te guiar quando não tiver um céu estrelado que te mostre onde está. É o seu conjunto de valores, sua filosofia. É a “moral da história” dentro da sua área de atuação. 

A bússola serve para você não perder o foco naquilo que realmente importa – pode inclusive ser um mantra. 

Traduzindo para seu negócio: a bússola são seus valores e o jeito que você encara o que você faz. 

A ROTA

É o SEU passo a passo. A sua prescrição do que é necessário fazer para aquela pessoa resolver o problema dela. 

A rota precisa ser clara antes mesmo da viagem começar. Por isso ela precisa focar em uma jornada específica e ser possível a ponto da pessoa olhar, entender e acreditar que consegue chegar lá.

Precisa ter uma sequência lógica, reconfortante e ser uma sugestão de solução e não a única verdade.

Traduzindo para seu negócio: é a descrição do seu serviço.

Tá, legal  tudo isso, mas e agora? O que preciso fazer?

É aqui que começa o Slow. 

Você vai precisar parar para pensar em tudo isso e trabalhar na transcrição do seu ponto de vista. Ele não vai ser imutável e vai sempre evoluir junto com você. 

Para te ajudar a começar, baixe aqui o Mini Workbook de Ponto de Vista

Legal!  Você refletiu bastante sobre o seu ponto de vista. E agora? O que você faz com isso?

Você vai perceber, ao longo do tempo, que esse ponto de vista influencia e toma conta de tudo o que você faz, como um saquinho de chá em água quente.

Mas quero te passar aqui algumas ideias de onde seu ponto de vista pode ser manifestado!

  • Em uma página do seu site: considere criar uma página na qual você explica detalhadamente seu ponto de vista – como um manifesto
  • Crie conteúdo baseado nele: Escreva posts sobre o assunto. Faça vídeos sobre isso. Faça podcasts sobre isso
  • Escreva ebooks que se aprofundem nele. Seu ponto de vista é a fonte de todo conteúdo que você vai criar. Você pode escrever um post para cada pergunta que as pessoas te fazem e com certeza elas iriam adorar. Porque as pessoas estão procurando por um mapa que faça sentido. Elas estão procurando alguém que elas possam confiar. Tentando desesperadamente entender a situação delas para saber onde investir suas energias.
  • Compartilhe: Faça Workshops sobre isso. Converse sobre isso com seus amigos. Compartilhe e peça o feedback das pessoas para ajudar você a deixar seu ponto de vista mais claro.
  • Use-o como um filtro: crie um link para a página do seu ponto de vista na sua página de vendas e garanta que as pessoas leiam antes de contratar você.

E aí? Gostou dessa forma de se comunicar? Se quiser comentar sobre o seu ponto de vista em relação a sua área de atuação, é só escrever nos comentários!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Sou Ana Fragoso

Eu só quero que você consiga fazer um marketing que não te afoga, mas que te leva mais longe!

Vamos nos conectar!

Construa sua autoridade através do Marketing de Ponto de Vista

Todo mundo precisa e quer seu lugar ao sol na internet.  E para conseguir isso, uma das primeiras coisas que escutamos quando começamos a entender um pouco de marketing digital é a tal da “autoridade”. O que é isso?

Autoridade é ter credibilidade. É ter o respeito das pessoas por um assunto específico, que você domina e então elas te procuram quando precisam resolver um problema relacionado àquele assunto.

Não preciso dizer que para quem está começando agora, que é a maioria dos mortais,  construir autoridade leva tempo e dedicação.

As informações disponíveis na internet ensinam que para construir autoridade é preciso investir no marketing de conteúdo. Essa estratégia consiste em compartilhar o que você sabe sobre o assunto através de posts, artigos, vídeos e outras mídias, educando as pessoas e comprovando quanto daquilo que você sabe fazer pode de fato ajudá-las. Essa estratégia é de fato a correta e o conceito faz sentido para todo mundo.

Só tem um problema: por mais sentido que faça, a maioria das vezes não sabemos que conteúdo precisamos compartilhar. 

Ficamos na ilha do “não sei o que devo, posso, preciso falar aqui” para construir essa autoridade. 

A sensação de desorientação nos paralisa ou nos faz compartilhar conteúdos que não são estratégicos para nossa iniciativa. 

Então o que é preciso fazer para construir autoridade?

Uma das formas mais eficazes de construir sua autoridade e filtrar quem entra em contato com você é usando o seu ponto de vista.  

Ponto de vista todo mundo tem – mesmo quando não temos a intenção de colocá-lo para fora, ele está lá.  É a nossa forma de enxergar o mundo, o que acreditamos. Nossa filosofia, perspectiva. A nossa visão clara das coisas.

Tenho certeza que dentro do seu trabalho, você tem o SEU jeito de fazer as coisas. Você acredita que fazendo essas coisas numa certa ordem, de um certo jeito vai dar o melhor resultado baseado em sua vivência e experiência.

Esse seu jeito é uma ótima maneira de trazer pessoas para perto de você. E esse é o marketing de ponto de vista. 

Parece muito simples colocando assim e provavelmente você tem várias opiniões sobre como você trabalhar e porque trabalha assim. Mas quando precisamos colocar em palavras, percebemos que não fica tão claro nem para nós mesmos.

Afinal, o que é que você faz de diferente que dá melhores resultados do que seu colega que oferece a mesma coisa?

Os 3 fundamentos do Marketing de Ponto de vista

Por sorte existe um passo a passo de como organizar seu ponto de vista. 

Ele é composto por três elementos chave: O Mapa, A Bússola e a Rota.

Quem me acompanha sabe que uso a metáfora de que seu negócio é um barco, que leva as pessoas da ilha A para a Ilha B:

E dentro desse universo náutico, podemos colocar o ponto de vista como os elementos que usamos para fazer esse barco andar. 

O MAPA

É a base de todo o processo do ponto de vista. É o que leva mais tempo para criar e desenvolver.

O mapa é o desenho da região onde seu cliente está e onde quer chegar. É o lugar onde ele se movimenta e o lugar onde ele enxerga que poderia estar mas não consegue ir até lá sozinho. É a comprovação (para ele) das coisas como são e de que ele não está louco e nem sozinho. Isso gera alívio, porque finalmente ele pode enxergar o que está acontecendo e esse alívio abre a porta para que escute a sua forma de solucionar o problema.

A função do mapa é validar os sentimentos bons e ruins da pessoa que você quer ajudar, mostrar o contexto onde ela está inserida, as opções reais que ela tem e a sua forma de levá-la até onde quer chegar.

Traduzindo para seu negócio: o mapa é o desenho da sua persona dentro do problema onde você sabe que pode ajudar. 

A BÚSSOLA

É o que vai te guiar quando não tiver um céu estrelado que te mostre onde está. É o seu conjunto de valores, sua filosofia. É a “moral da história” dentro da sua área de atuação. 

A bússola serve para você não perder o foco naquilo que realmente importa – pode inclusive ser um mantra. 

Traduzindo para seu negócio: a bússola são seus valores e o jeito que você encara o que você faz. 

A ROTA

É o SEU passo a passo. A sua prescrição do que é necessário fazer para aquela pessoa resolver o problema dela. 

A rota precisa ser clara antes mesmo da viagem começar. Por isso ela precisa focar em uma jornada específica e ser possível a ponto da pessoa olhar, entender e acreditar que consegue chegar lá.

Precisa ter uma sequência lógica, reconfortante e ser uma sugestão de solução e não a única verdade.

Traduzindo para seu negócio: é a descrição do seu serviço.

Tá, legal  tudo isso, mas e agora? O que preciso fazer?

É aqui que começa o Slow. 

Você vai precisar parar para pensar em tudo isso e trabalhar na transcrição do seu ponto de vista. Ele não vai ser imutável e vai sempre evoluir junto com você. 

Para te ajudar a começar, baixe aqui o Mini Workbook de Ponto de Vista

Baixe o Mini Workbook Ponto de Vista

Ao baixar você será adicionado à minha lista de emails. Eu só envio assuntos relacionados a Slow Marketing.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Legal!  Você refletiu bastante sobre o seu ponto de vista. E agora? O que você faz com isso?

Você vai perceber, ao longo do tempo, que esse ponto de vista influencia e toma conta de tudo o que você faz, como um saquinho de chá em água quente.

Mas quero te passar aqui algumas ideias de onde seu ponto de vista pode ser manifestado!

  • Em uma página do seu site: considere criar uma página na qual você explica detalhadamente seu ponto de vista – como um manifesto
  • Crie conteúdo baseado nele: Escreva posts sobre o assunto. Faça vídeos sobre isso. Faça podcasts sobre isso
  • Escreva ebooks que se aprofundem nele. Seu ponto de vista é a fonte de todo conteúdo que você vai criar. Você pode escrever um post para cada pergunta que as pessoas te fazem e com certeza elas iriam adorar. Porque as pessoas estão procurando por um mapa que faça sentido. Elas estão procurando alguém que elas possam confiar. Tentando desesperadamente entender a situação delas para saber onde investir suas energias.
  • Compartilhe: Faça Workshops sobre isso. Converse sobre isso com seus amigos. Compartilhe e peça o feedback das pessoas para ajudar você a deixar seu ponto de vista mais claro.
  • Use-o como um filtro: crie um link para a página do seu ponto de vista na sua página de vendas e garanta que as pessoas leiam antes de contratar você.

E aí? Gostou dessa forma de se comunicar? Se quiser comentar sobre o seu ponto de vista em relação a sua área de atuação, é só escrever nos comentários!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Sou Ana Fragoso

Eu só quero que você consiga fazer um marketing que não te afoga, mas que te leva mais longe!

Vamos nos conectar!

Slow Marketing® • Copyright © CSD Criação e Estratégia Digital Eireli • LegalCookies • Design do site por mim!

Slow Marketing® • Copyright © CSD Criação e Estratégia Digital Eireli 
Legal
 • Cookies
Design do site por mim!

Pin It on Pinterest

Sharing is caring!

Se curtiu esse post, compartilhe!